Tecnologia do Blogger.

Guarda Municipal une pai e filha desaparecida



Uma mulher de 34 anos que vivia em situação de rua teve uma visita ilustre na última semana poucos dias antes da Páscoa. Gisele Santos Araújo estava sendo procurado há meses pelo seu pai.

José Aloísio Araújo, morador em Salvador na Bahia teve a informação que sua filha estava em Jundiaí. Indicado por conhecidos, ele veio até a Sede da Guarda Municipal de Jundiaí saber se sua filha estava cadastrada no sistema de pessoas em situação de rua. Em posse das informações obtidas no cadastro, uma equipe composta pelos guardas Zarantonello e Donôla além do Sr José Aloísio, passaram a fazer diligências nos pontos considerados críticos pela GM, onde se concentra os moradores de rua.

A procura demorou apenas 30 minutos até que pai e filha se reencontrassem.

Visivelmente emocionado, o Sr José Aloísio agradeceu o empenho dos guardas e garantiu que não voltaria para Salvador sem sua filha. A localização de Gisele foi próximo do Jardim Botânico.

Segundo o pai, Gisele passará por um tratamento de dependência química.

A Guarda Municipal de Jundiaí possuí há 3 três anos, um cadastro digital de pessoas em situação de rua.

Durante este período, diversas pessoas foram encontradas por familiares além de outras serem reconhecidas pela polícia por terem participados de algum crime.




por Luciano Guerino
foto Luciano Guerino







A publicidade dos atos da administração pública é um princípio estabelecido pela constituição federal, porém, a reprodução das informações e imagem transmitidas é de inteira responsabilidade dos veículos de comunicação.




Assessoria de Imprensa - Jornalista responsável

Luciano Guerino - 9.9263-1488 (MTB 59140)

0 comentários:

Postar um comentário