Tecnologia do Blogger.

Guarda Municipal de Jundiaí revitaliza o lendário carro “13”



A novidade chegou direto dos Estados Unidos. Em 1950, um veículo furgão de cor preta, marca Chevrolet, conhecido no Brasil como boca de sapo, foi prefixado com o número 13 para a Guarda Municipal de Jundiaí. Tinha início a lenda deste carro, que oficialmente foi a primeira viatura exclusiva para o trabalho policial de Jundiaí e região. Transformado em carro de preso, foi também utilizado como ambulância em diversas ocasiões. Nas décadas de 50 e 60, o carro 13 era sinônimo de lei e ordem em Jundiaí.

A 13 virou mito entre a população jundiaiense. Na época, não se dizia: "chama a polícia", mas, sim, "chama o 13"

Porém, na metade da década de 60, o já velho e bastante desgastado Chevrolet foi leiloado, indo rodar por mais alguns anos como entregador de pão e leite.
Após este período, nunca mais se teve notícias do lendário veículo, provavelmente sucateado.

Em 2001, o Coronel Benevides, comandante da GM, restaurou um Chevrolet furgão ano 51 boca de sapo idêntico ao original, inclusive na cor, nas inscrições e no famoso nº 13.

Com o objetivo de trazer um pouco da história do carro 13 a atualidade, o furgão foi exposto na época aos jundiaienses que contou com diversas histórias, inclusive de pessoas que chegaram a ver a viatura nas ruas e de mães que tiveram seus filhos dentro da viatura. “São histórias riquíssimas de pessoas que vivenciaram essa época”, conta o Inspetor Cláudio Ferigato.

Ainda de acordo como Inspetor Claudio Ferigato, a viatura foi restaurada por um funcionário do Centro de Serviço da Prefeitura de Jundiaí, Marcos Mamede com a sua equipe. Segundo Ferigato, o veículo estará em breve em exposição nos bairros de Jundiaí. A idéia segundo a GM é colocar o "13" em exposição no mês de aniversário da Guarda Municipal no mês de novembro.

No último dia 7 de setembro, no desfile da pátria na Av Prefeito Luís Latorre, a viatura 13 desfilou mostrando toda sua história, fazendo com que os nostálgicos sentissem saudades dos tempos áureos de patrulhamento. Ela foi guiada pelo restaurador Marcos Mamede.

por Luciano Guerino
foto Luciano Guerino






A publicidade dos atos da administração pública é um princípio estabelecido pela constituição federal, porém, a reprodução das informações e imagem transmitidas é de inteira responsabilidade dos veículos de comunicação.




Assessoria de Imprensa - Jornalistas responsáveis

Luciano Guerino - 9.9263-1488 (MTB 59140)
Darlei Antônio - 9.9569-6476 (MTB 72769)

0 comentários:

Postar um comentário