Tecnologia do Blogger.

Guarda Ambiental resgata bicho preguiça



     No dia de ontem (16), agentes do Grupamento Especial de Proteção Ambiental (Gepa/GCMS) resgataram um filhote de bicho preguiça, em Pirajá. O animal foi encontrado em rua próxima à Estação, por uma moradora que logo acionou o Cetas, que, por sua vez, chamou a Guarda Municipal. 
     Conhecido popularmente como preguiça de coleira por causa da crina formada pelos longos cabelos negros em sua nuca e pelagem castanha, esta espécie costuma viver na Mata Atlântica brasileira. “São animais de hábitos solitários, de difícil adaptação em cativeiros por conta da alimentação restrita. Dormem cerca de 14 horas diárias pendurados em árvores. Reproduzem apenas uma cria por vez e a gestação dura 11 meses, ficando o filhote com a sua mãe até por volta dos 9 meses de vida”, relata o supervisor do Gepa, Robson Pires.
       Atualmente, seu maior predador é o próprio homem, que costuma comercializar o bicho preguiça para aqueles que desejam domesticá-lo. “Além de ser crime, é um risco ter um bicho preguiça em casa”, esclarece Pires, ressaltando que o animal encontrado ontem aparentava estar há três dias sem comer. “Costumam matar a mãe e tirar os filhotes do seu habitat natural para vendê-lo por altos preços a pessoas que ignoram a extensão do mal que fazem ao animal”, conclui.
      O bicho preguiça está na lista de animais em extinção do Ibama. O animal encontrado pelo Gepa foi levado ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), localizado na Estrada das Barreiras. Para solicitar resgates, o cidadão pode ligar para (71) 3433-1241 (Cetas) ou (71) 3202-5312 (Guarda Municipal).



Atenciosamente,
Ascom - Guarda Municipal de Salvador
Susprev
Responsável - Lucas Pereira
DRT Nº423/BA
9984-2710 (Oi) / 3202-5304Email: guardasalvador@gmail.comSite: www.guardamunicipal.salvador.ba.gov.brTwitter: www.twitter.com/guardasalvadorFacebook: www.facebook.com/guardamunicipalsalvador

0 comentários:

Postar um comentário