Tecnologia do Blogger.

Divisão Florestal da GMJ detém suspeitos de desmatar área na Serra do Japi



A Divisão Florestal da Guarda Municipal de Jundiaí deteve  , três homens suspeitos de desmatar uma área de manancial no bairro Paio Velho, que pertence ao Território da Serra do Japi.

De acordo com informações da GMJ, os guardas florestais realizavam o patrulhamento rural na região quando notaram uma movimentação e barulho de motosserra nas proximidades.

Ao verificarem os guardas (Fernando, Cesar Melo e Bruno) se depararam com uma parte da área desmatada – cerca de 1500 metros quadrados . Segundo os guardas, os suspeitos abriram com um trator, uma estrada para terem acesso a áreas mais restritas.

Foram derrubados eucaliptos, aroeiras e samambaias nativas. Foram encontrados, lixos e uma plataforma usada para caçar animais. Farelo de milho, frutas e carne de porco estavam guardados em um veículo ao lado.

Os suspeitos e os objetos foram levados até o 6º DP para elaboração do boletim de ocorrência de crime ambiental e ficarão à disposição da Polícia Civil para investigação, em seguida foram liberados.

Os objetos também foram recolhidos para perícia.

O subinspetor da GMJ Adilson Marestoni e o Inspetor Cássio Nicola coordenaram os trabalhos.

O meio ambiente é tratado no art 225 da lei 9605/1998 de Leis ambientais com detenção de um a três anos ou multa ou mesmo ambas as penas.

A Divisão Florestal da Guarda Municipal de Jundiaí tem por finalidade realizar patrulhamento nas áreas que faz parte do Território de Gestão da Serra do Japi e Reserva Biológica com intuito de preservar o meio ambiente.



A publicidade dos atos da administração pública é um princípio estabelecido pela Constituição Federal em seu art.37, porém, a reprodução das informações e suas imagens são de responsabilidade dos veículos de comunicação.



                                              

Assessoria de Imprensa 


Luciano Guerino  (MTB 59140)
Jornalista responsável

0 comentários:

Postar um comentário