Tecnologia do Blogger.

Guardas municipais da Divisão Florestal participam de treinamento de uso de Motosserra





Guardas que integram a Divisão Florestal da Guarda Municipal de Jundiaí tiveram na última semana um treinamento de “Operador  de motosserras”. O treinamento teve duração de 8 horas entre aulas teóricas e práticas. No teórico foi exposto alguns vídeos sobre os perigos de se operar um aparelho sem ter a segurança necessária, como a utilização inadequada do equipamento. Na parte da tarde, os guardas florestais foram até o Posto de Atendimento 11, pelo bairro Eloy Chaves onde participaram de aula prática, quanto a manuseio, manutenção e utilização da motosserra no corte de madeiras.
De acordo com o subinspetor Mauro Castro, o curso foi realizado com o objetivo de capacitar os guardas municipais no emprego do equipamento, oferecendo, assim, condições para que eles façam a sua utilização com eficácia e total segurança.
“Foi uma ótima oportunidade para qualificação dos profissionais que atuam na sua rotina em áreas da Serra do Japi”, explica Castro.
Segundo o comandante da Guarda Municipal, José Roberto Ferraz, a Divisão Florestal da GM atua especialmente nos 92 quilômetros quadrados de extensão da Serra do Japi ou 47,65% da Serra pertencente a Jundiaí. Dessa forma, é comum os guardas deparem no patrulhamento ambiental árvores caídas nas estradas que cortam a Serra, havendo a necessidade de sua remoção emergencial para continuidade dos trabalhos de fiscalização de fauna e flora. “A utilização da motosserra se faz necessário durante as rondas realizadas em toda a extensão do Território de Gestão da Serra do Japi”, explica.
A legislação ambiental exige que o comerciante de motosserra seja cadastrado e licenciado junto ao IBAMA e que a utilização do equipamento seja feita por pessoa habilitada através de curso próprio, ministrado por entidade credenciada ao órgão ambiental federal, podendo ser tipificado crime ambiental do art. 51 da Lei 9.605/98, com pena de três meses a um ano de detenção e multa, o não atendimento de tais exigências.
A Divisão Florestal da Guarda Municipal de Jundiaí é formada por 34 guardas especialmente treinado e habilitado com cursos de legislação e prática ambiental, contando com veículos especiais para atuar em terreno irregular, além de helicóptero locado para sobrevoos mensais sobre a região da Serra do Japi. Atualmente a fiscalização é feita também por uma câmera instalada no Mirante, estando em processo de instalação mais uma câmera na região do PA-1, as quais propiciarão a fiscalização monitorada dos quase 354 quilômetros quadrados da Serra do japi, principalmente na questão dos incêndios florestais.

por Luciano Guerino
foto Luciano Guerino







A publicidade dos atos da administração pública é um princípio estabelecido pela constituição federal, porém, a reprodução das informações e imagem transmitidas é de inteira responsabilidade dos veículos de comunicação.




Assessoria de Imprensa - Jornalistas responsáveis

Luciano Guerino - 9.9263-1488 (MTB 59140)
Darlei Antônio - 9.9569-6476 (MTB 72769)

0 comentários:

Postar um comentário