Tecnologia do Blogger.

Número de atendimentos da Guarda Municipal de Salvador (BA) é multiplicado por dez em três anos


 
A Guarda Municipal de Salvador (GMS), órgão vinculado à Superintendência de Segurança Urbana e Prevenção a Violência (Susprev), registrou aumento exponencial dos atendimentos se comparados os números dos últimos três anos. Para efeito de comparação, em 2013 a Guarda fechou o balanço com 209 atendimentos, enquanto os primeiros sete meses de 2015 somaram 2.773 ocorrências assistidas pela força municipal de segurança. Maior efetivo por mais tempo nas ruas, ampliação da oferta de veículos à disposição dos agentes e, principalmente, a implantação da Central de Operações (CeOp) em fevereiro deste ano, são apontados pela Superintendência como fatores determinantes para este crescimento.
O aumento dos atendimentos se deve à criação da CeOp, que ampliou o número de ações garantindo cada vez mais a presença da GM nas ruas da cidade. "Estes números que hoje são uma realidade começaram a ser pensados no início da gestão, quando o prefeito ACM Neto determinou que a guarda deveria estar cada vez mais presente nas ruas de Salvador, mantendo envolvimento direto com a população. Além disso, foram incorporados mais veículos à frota e a concessão de gratificações para operações especiais. Tudo isso contribuiu a seu modo para o crescimento do número de atendimentos diários e, consequentemente, do número total", explica Vagner Santos, assessor-chefe da Guarda Municipal.
Tendo a função primordial de proteger o patrimônio público e prevenir a violência, a Guarda conta com 38 veículos em operação, além de três bases móveis em pleno funcionamento e tem a previsão de receber mais duas até o mês de novembro. Dentre as ações de prevenção, a Guarda inibiu diversos atos de vandalismo contra o patrimônio público, além de prisões pontuais de pichadores, suspeitos armados e envolvidos em briga. Em 2013, foram registrados 58 encaminhamentos à delegacia, número que subiu para 161 no ano seguinte. Em 2015, até o momento, já foram 154 encaminhamentos, seja por degradação do patrimônio público, ocorrências de violação à Lei Seca ou solicitações diversas de moradores.
De acordo com informações da Susprev, a meta da guarda é fechar a gestão do prefeito ACM Neto tendo ocupado 41 espaços públicos da capital baiana. Hoje, com uma força composta por 1.286 membros (1.144 homens e 142 mulheres), a Guarda já está presente em 28 logradouros da cidade, além das ações pontuais realizadas em todos os bairros de Salvador. Para melhor atender a população, a GM possui ainda seis grupamentos especiais: Grupamento de Operações com Cães (COC); Grupamento de Operações Especiais (GOE); Grupamento de Rondas da Capital (Rondac); Grupamento Especial de Motociclistas (GEM); Grupamento de Apoio ao Turista (GAT); e Grupamento Especial de Proteção Ambiental (Gepa).

Por Agecom – Prefeitura Municipal de Salvador/BA


Acesse a página da Federação Baiana das Associações de Guardas Municipais - FEBAGUAM através do link http://www.febaguam.blogspot.com.br

0 comentários:

Postar um comentário