Tecnologia do Blogger.

Noticias Guarda Municipal de Valinhos






Guardas Civis Municipais de Valinhos realizaram na tarde do dia 11/04 por volta das 15:00 diversas detenções e apreensões de bebidas e drogas em uma chácara localizada no bairro Alpinas, de acordo com o comando geral da Guarda Civil Municipal, após denúncias efetuadas fone 153,  o serviço de estratégia da GCM monitorou todos os passos do evento que foi organizado pelo Facebook e WhatsApp. No local foram localizadas e apreendidas bebidas alcoólicas, substâncias entorpecentes como LSD, vários cigarros de maconha, diversos frascos contendo lança perfume e convites que eram vendidos no local entre outros. Foram detidos quatros responsáveis do evento, porém só um foi preso em flagrante  o qual era o coordenador geral do evento denominado Projeto X. Autuado com base na nova lei de (17/03/2015) a Lei 13.106/2015, que, em resumo, reforça a proibição de venda ou fornecimento (ainda que gratuito) de bebidas alcoólicas a crianças e adolescentes.

De acordo com a com o Diretor da Guarda Civil Municipal de Valinhos Sidnei Batista que coordenou toda operação, no momento da incursão á chácara diversos menores de 18 anos foram flagrados fazendo uso de bebidas alcoólicas e substâncias entorpecentes e todos foram encaminhados até a delegacia e só liberados com  presença dos pais. Para o Diretor da GCM estes tipos de eventos são irregulares e qualquer outro será monitorado e seus responsáveis poderão responder criminalmente. O Secretário de Defesa do Cidadão Dr Éderson Marcelo Valêncio, salienta que as forças policiais estão reunidas e irão intensificar as fiscalizações em função da nova lei 13.106/15 que criminaliza a venda e o fornecimento de bebida alcoólica a menores de idade. As festas rave ou open bar normalmente são realizadas de forma clandestinas, sem qualquer autorização do poder público. Nelas há a prática de tráfico de entorpecentes e excessivo consumo de bebidas alcoólicas. Muitas destas festas são realizadas em locais impróprios e não permitidos. Ressalta o Secretário que que nem todas festas poderão obter autorização prévia, pois às vezes  eo local não é permitido pelo zoneamento ou ainda por falta de estrutura e ausência do AVCB dos Bombeiros, Vigilância Sanitária. Mesmo obtendo autorização do Poder Público, estes eventos podem ser objeto de fiscalizações, frisou Dr Éderson Marcelo Valêncio.

enviado por Sidney Aureliano

0 comentários:

Postar um comentário